Portugues Português
Ingles Inglês
Pousada Jurará
Portugues   Ingles
Menu Menu

Trekking em Lençóis Maranhenses
Compartilhe FacebookGoogleTwitter

O Atins oferece vários roteiros de trekking/caminhadas, para todos os níveis de dificuldade e resistência física. Desde os mais simples e leves para pessoas menos habituadas a longas caminhadas, até percursos mais longos de até três dias.

Todos nossos trekking/caminhadas são acompanhados por um guia experiente. As dificuldades de localização, provocadas pelas mudanças constantes das dunas mais as dificuldades de sobrevivência no meio e os possíveis imprevistos numa região desértica que oferece poucos recursos, desaconselham caminhadas solitárias sem o auxílio de um guia.

Oferecemos 4 roteiros para trekking/caminhadas dentro da região do Atins e Parque Nacional dos Lençóis Maranhenses. Podemos também criar roteiros personalizados de acordo com as expectativas e condições físicas de cada pessoa ou grupo.

  • Trekking em Lençóis Maranhenses
  • Trekking em Lençóis Maranhenses
  • Trekking em Lençóis Maranhenses
  • Trekking em Lençóis Maranhenses
  • Trekking em Lençóis Maranhenses
  • Trekking em Lençóis Maranhenses
  • Trekking em Lençóis Maranhenses
  • Trekking em Lençóis Maranhenses
  • Trekking em Lençóis Maranhenses
  • Trekking em Lençóis Maranhenses
  • Trekking em Lençóis Maranhenses
  • Trekking em Lençóis Maranhenses
  • Trekking em Lençóis Maranhenses
  • Trekking em Lençóis Maranhenses
  • Trekking em Lençóis Maranhenses
  • Trekking em Lençóis Maranhenses
  •  

Roteiro Travessia para Santo Amaro

O trekking/caminhada tem início no Atins às 04:00 horas da manhã, horário apropriado para evitar o sol escaldante de toda a tarde. O primeiro destino é Baixa Grande, o primeiro “oásis” que visitaremos dentro do parque. Um minúsculo vilarejo incrustado no meio das dunas do Parque Nacional dos Lençóis Maranhenses será nossa primeira parada nessa rota. Passaremos o resto do dia e a noite em Baixa Grande. Esse primeiro trecho terá a duração de aproximadamente 9 horas.

No dia seguinte sairemos às 07:00 horas da manhã para um trekking/caminhada de 4 horas em direção ao segundo "oásis" da região, Queimada dos Britos, uma vila bem maior que a primeira mas de pequenas proporções também, onde vivem basicamente duas famílias e umas 200 pessoas.

As refeições são simples, caseiras e a dormida é em redes. Tudo é muito original e agradável. O convívio com os nativos é uma experiência à parte, rica para quem está disposto a aprender com essa gente humilde e simples das areias que tem muito a nos ensinar do seu estilo de vida e de sua cultura.

O último trecho dessa aventura inesquecível é com destino a Santo Amaro, outro município do Estado do Maranhão. Partimos de Queimada dos Britos às 04:00 horas da manhã e em 9 horas estaremos chegando a Santo Amaro, uma pequena cidade de aproximadamente 10.000 habitantes situada à margem do rio Alegre com suas águas rasas e mansas, ideais para um banho em qualquer hora do dia. Santo Amaro do Maranhão é um dos municípios que compõe o Parque Nacional dos Lençóis Maranhenses. É um povoado típico do interior do Maranhão com características bem peculiares já perdidas em outras localidades. É um cidade agradável com as pessoas andando a pé pelas ruas, cadeiras nas calçadas para um papo de final de tarde, carroças que trafegam com mercadorias de lado a outro, cavaleiros e pescadores em direção a mais um dia de trabalho. Santo Amaro mantém o romantismo das pequenas vilas que ainda resistem ao progresso desenfreado no Brasil.

Baixa Grande

O trekking/caminhada, tem início no Atins às 04:00 horas da manhã, horário apropriado para evitar o sol escaldante de toda a tarde. O destino é Baixa Grande, um “oásis” que se caracteriza por um minúsculo vilarejo incrustado no meio das dunas do Parque Nacional dos Lençóis Maranhenses e será nossa estadia por essa noite em nossa rota. Passaremos o resto do dia e a noite em Baixa Grande. Esse primeiro trecho terá a duração de aproximadamente 9 horas.

As refeições são simples, caseiras e a dormida é em redes. Tudo é muito original e agradável. O convívio com os nativos é uma experiência à parte, rica para quem está disposto a aprender com essa gente humilde e simples das areias que tem muito a nos ensinar do seu estilo de vida e de sua cultural.

No dia seguinte saímos novamente às 04:00 da manhã retornando ao Atins.

Roteiro Canto do Atins

Um trekking/caminhada de aproximadamente duas ou três horas para ir e o mesmo tempo para a volta.

Atravessamos todo o povoado por suas ruas de areia e tomamos o campo, área de pastagem dos animais, em direção ao Canto do Atins. No percurso há a possibilidade de contemplarmos vários animais silvestres, como corujas, garças, águias, etc., e domésticos como cabritos, vacas e cavalos.

O percurso pode demorar o tempo necessário que cada um considere ideal para seu desfrute da região, o contato com o lugar e sua contemplação.

Ao chegarmos ao Canto do Atins, poderemos tomar um banho de mar e em seguida almoçar em um dos dois restaurantes que encontramos no lugar, Restaurante da Luzia e Restaurante do Antônio, que são muito similares, todos os dois com muito boa comida, em especial o camarão grelhado que é imperdível.

Após o almoço e um cochilo nas redes disponíveis no lugar, podemos partir retornando ao Atins.

Esse é um roteiro tranquilo e leve que qualquer um pode realizar sem maiores problemas, basta estar com a saúde em dia.

Roteiro Lagoa Verde / Tropical / Mario

O roteiro para qualquer uma das lagoas é muito parecido. Após escolhermos um dos três destinos partimos para o trekking/caminhada.

O tempo deste roteiro é muito imprevisível. Teremos o dia todo para percorrê-lo e o tempo despendido dependerá da dinâmica de cada pessoa ou grupo e das paradas para contemplação, banho, fotos, etc., de cada um.

A saída do Atins acontece às 08:00 horas da manhã. Após duas ou três horas aproximadamente estaremos no Canto do Atins, onde poderemos almoçar em um dos dois restaurantes que encontramos no lugar, Restaurante da Luzia e Restaurante do Antônio, que são muito similares, todos os dois com muito boa comida, em especial o camarão grelhado que é imperdível.

Após o almoço partimos em direção à lagoa escolhida numa caminhada que pode variar de 3 a 4 horas. Na época das cheias e só na época das cheias (maio/junho a setembro/outubro) é garantido o banho nas lagoas, desde que o volume de chuvas no período tenha sido suficiente para enchê-las. Nesse caso podemos nos banhar por algum tempo, apreciar o por do sol das dunas e logo após retornar ao Atins.

Fora do período de cheia pode ocorrer de as lagoas estarem secas. Nesse caso a permanência no Parque Nacional é para contemplação das dunas e do por do sol que é único nessa região. Em qualquer dos casos vale a pena estar nos Lençóis Maranhenses e curtir esse incrível passeio.

Barrerinhas

Passeios

Pacotes